Fardin Atuarial

  • Gestão Atuarial e Previdenciária para RPPS

    Soluções de custeio para RPPS e Auditoria Atuarial Independente.

  • Política de Investimentos dos RPPS

    Política anual de investimentos dos recursos dos RPPS conforme exigência da CMN, mediante o envio à Secretaria de Políticas de Previdência Social (SPPS), do Demonstrativo da Política de Investimentos (DPIN).

  • Soluções de Custeio para RPPS

    Analise do plano de custeio e benefícios, indicando novas fontes de custeio necessárias ao desenvolvimento e sustentabilidade do sistema previdenciário.

  • Auditoria Atuarial Independente, Estudos, Pareceres Técnicos e Perícia

    Assessoria para o Ente Patronal, Autarquias, Sindicatos e Legislativo.

  • Planos de Assistência à Saúde

    Assessoria Técnica, Legal para Manutenção e Implantação de Planos de Saúde ao Servidor Público.

  • Previdência Complementar (EFPC) e Seguros

    Elaboração de Estudos de Viabilidade para Implantação de Previdência Complementar, análise de carteira de Seguros e Projetos específicos de Custeio.

PORQUE NOS ESCOLHER

Com mais de 15 anos de experiência, somos uma empresa sólida, com grande Know how e reconhecimento público

Leia mais

O QUE FAZEMOS

A Fardin Assessoria Atuarial é especialista em gestão atuarial e previdenciária. Desenvolvemos nossos serviços

Leia mais

EQUIPE FARDIN

Nossa equipe é formada por profissionais atuantes no ramo de previdência pública e privada, capazes de solucionar

Leia mais

Entrevista ao Jornal Correio do Povo

Nosso Diretor Presidente José Guilherme Fardin, em entrevista concedida ao Jornal Correio do Povo, contando sua trajetória profissional e explicando o exercício da profissão de Atuário. Entrevista publicada no Caderno Plano de Carreira do Jornal Correio do Povo. Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014.

»Atuando no país

José Guilherme Fardin, de 46 anos, era proprietário de uma corretora de seguros quando decidiu cursar a Faculdade de Ciências Atuariais. “Percebi a utilidade que o curso teria no meu ramo profissional e acabei ingressando na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a UFRGS”, disse. Atualmente, o atuário é proprietário da Fardin Assessoria Atuarial. “Após me formar, a empresa começou a expandir-se e, além de ser uma corretora, também comecei a prestar assessoria e consultoria atuarial. Desde 2001, encerramos as atividades de corretagem e estamos trabalhando exclusivamente com serviços atuariais”, revelou. Com mais de 50 clientes espalhados pelo Brasil, Fardin é especialista em previdência pública. “No setor público, há mais possibilidades de ser contratado independentemente de estar localizado no Sul do país ou no Sudeste, onde está a maior parte da demanda na área”, afirmou. Para ele, a profissão exige um estudo constante. Porém, a literatura de Ciências Atuariais é essencialmente estrangeira. “Os assuntos estão sempre em mutação”, explicou. Conforme Fardin, o atuário integra uma das profissões mais promissoras do mercado de trabalho. “Nos Estados Unidos, o atuário é o profissional mais bem pago do país. Além disso, diversos setores que precisam de serviços atuariais estão em pleno crescimento”, avaliou. O atuário ainda é um profissional a ser descoberto, com possibilidades a serem reveladas em um futuro próximo. “Há muito o que crescer no setor privado, e mais ainda no setor público”, disse Fardin.

 

FONTE: JORNAL CORREIO DO POVO - ENTREVISTA JOSÉ GUILHERME FARDIN 

 

 


Newsletter

Mantenha-se informado. Artigos, notícias, dicas:

Siga-nos